Conferência "Protecção Radiológica na Saúde 2017"

Dias: 27/09/2017 a 29/09/2017 Local: Auditório do Instituto Superior Técnico (Campus da Alameda) Organização:

Os benefícios resultantes da utilização de radiações ionizantes na maior parte das aplicações médicas superam largamente os riscos associados à exposição de trabalhadores, membros do público e pacientes , no âmbito das referidas aplicações. Contudo, a utilização das radiações ionizantes para aplicações médicas deve ser efetuada na observância estrita das boas práticas e dos padrões, normas e regulamentos internacionais de proteção e segurança radiológica.

O Sistema Internacional de Proteção Radiológica assenta em 3 princípios fundamentais: Justificação (das práticas), Otimização (da proteção e dos procedimentos) e Limitação de Dose, sendo que este último não é aplicável no âmbito da utilização das radiações ionizantes para fins médicos. Nas aplicações médicas das radiações ionizantes, progressos importantes foram realizados nos últimos anos relativamente à implementação do princípio da Otimização. No entanto, tal como reconhecido internacionalmente, um esforço considerável deverá ser dedicado nos próximos anos para que sejam obtidos progressos na implementação efetiva do princípio da Justificação nas práticas e exames médicos. Tais esforços deverão continuar a envolver todos os atores e decisores (médicos, físicos, técnicos e outros profissionais da Saúde, autoridades competentes e entidades reguladoras, investigadores, académicos e formadores, sociedades profissionais e científicas, associações de doentes, o público e os fabricantes de equipamentos, entre outros intervenientes).

Outros tópicos importantes e atuais em Proteção e Segurança Radiológica nas aplicações médicas das radiações ionizantes estão relacionados com:


mais informações
Publicado/editado a 22/08/2017

© 2016 Sociedade Portuguesa de Física